sexta-feira, 27 de março de 2009

(27/03/09) Anônimato - Artista Urbano !

Engraçado como o desenho vai saindo da lapiseira! A imagem feita no papel fica apenas parecida com a que nós imaginamos. Admitir que não está perfeito e ter humildade em perceber que a perfeição é obra divina. Mas há quem goste tbm das coisas imperfeitas e rudes, traço tosco, inferior comparada aos desenhos digitais. Têm uma voz chata que fica sussurrando no pé do ouvido perturbando a paciência alheia que dá uns tok’s de vez em quando e sempre traz mudanças, bom, essa voz alguns chamam de juízo, pra outros é o super-ego. Por traz desses traços criados pela lapiseira existe uma preocupação toda de uma filosofia, que rodeia, que transpira em cada desenho.

Idealizei ele ontem pela tarde, fiquei pensando em um artista urbano, vários artistas urbanos, uma gang de gentes indignadas com uma situação comum, como se comportariam diante do público, o que devemos pensar a respeito de um bem público? Esquece o que é república, o que interessa é o movimento [ Street Art ] onde há uma dualidade possível, Artista e Vândalo, o que separa cada um? Meu desenho seria a visão de quem olha com olhar de Artista para o movimento, seu rosto escondido, por exemplo, representa seu anônimato dentro da sociedade, a lata de spray* é uma arma, mas precisa mais, muito mais.. um esboço rabiscado não diz tudo isso, claro que não. Mas a idéia vai moldando e mudando com o ritmo certo. Se tentarmos reproduzir a visão de quem olha ele como um vândalo, os triângulos tomariam seu corpo e formariam espinhos. Ficaria corcunda com olhos frios e cegos como um bicho, um vira lata. Por que agredi o meio público? Seria a pergunta do super-ego, rapaz, não sei.. A dura realidade de quem traz pra cidade a sua opinião, sua intervenção política social, onde quebra o cinza do meio urbano com a o colorido de sua mente, um artista de rua? Legalmente um depredador do bem público? Ou um rabisco no papel?

MiM~












Made in Mente

5 comentários:

1up disse...

doooooooido pessoas sombrias e corcundas *-*

RoberthShinigami disse...

me lembra minha infancia de trombadinha........


^_^

Ricardo disse...

eu vi esse desnho se formando! primeiro, ele era uma espécie de foguete. depois... er, outro fogute, mas com calças. E agora um trombadinha! *O*

agora, falando sério: existe diferença entre pixador e artista urbano. creio q parte da sociedade já entende isso hj. Ou não.!

e doooooooooooido, msg subliminares escondidas no espaço brano é teu novo hobbie?

tia karol disse...

po, eu fiquei com dó do bichinho... tadinho... =p

/-\ disse...

foguete trombada /o/

também acho q a diferença entre artista urbano e pixador é clara.